CURITIBA: Três dias e muita andança


Abril terminou e com ele ficou aquela saudade dos feriados. E se você tá ai, pensando no que fazer nos próximos feriados que esse ano ainda reserva, vem ver nossas dicas de um roteiro de três dias pela cidade que é exemplo no transporte e a cidade mais sustentável da América Latina.

PASSAGEM E HOTEL

A ideia de passar o feriado de Tiradentes em Curitiba, surgiu em meados de fevereiro, ou seja, três meses antes, tempo ideal pra conseguir garimpar passagens baratas. Começando uma pesquisa hoje, você consegue achar passagens de ida e volta, em torno de R$300, para o feriado de Corpus Christi, por exemplo.

O hotel foi mais fácil, como meu pai passa metade do ano em Curitiba, sempre se hospeda no Hotel Monte Castello, que fica muito bem localizado no bairro de Mercês, perto do centro e do Batel e também conta com café da manhã. Como meu pai já é cliente, com muita conversa conseguimos um quarto triplo por R$312 (duas diárias).

DIA 1

Viajamos no dia 21 bem cedinho, pra conseguir aproveitar o dia. Chegando no Aeroporto Internacional Afonso Pena decidimos pedir um Uber, já que o aeroporto fica em outro município, São José dos Pinhais, e foi ai que tivemos uma surpresinha... nenhum Uber ou 99taxi aceitava o nosso chamado, todos cancelavam ou pediam pra cancelar a corrida e fazer normal. Tivemos que pegar um taxi do aeroporto mesmo, o que saiu uma bica, já que em São José dos Pinhais eles tem bandeira 4 (20km = R$85,00).

Como nosso check-in era só a partir das 15:00, conseguimos deixar as malas no hotel, tomar café da manhã por lá e depois sair pra bater perna pela cidade. Problema é, por ser feriado, não tinha nada nem ninguém, tudo estava fechado e não víamos nem uma alma na rua.

Resolvemos ir a pé até a Torre Panorâmica, que era perto do nosso hotel e deveria estar aberta. O ingresso custa R$5,00 e lá você tem uma visão 360 da cidade, o que ajudou muito como ponto de partida.

Depois da Torre, a barriguinha já estava roncando, hora de procurar algum lugar pra comer, uma verdadeira saga no feriado. Decidimos voltar pra perto do hotel e conhecer mais um lugar, a Praça Espanha e lá encontramos o que? um Madero! Cada esquina de Curitiba tem um, em diferentes versões, esse era um Madero Sports Bar.

Escolhi um filé de frango grelhado, com arroz e salada, o que custou R$38,00. Achei o preço bem justo e a comida era muito bem servida e gostosa. O que é legal do Madero é que eles dividem a conta de acordo com o que cada um pediu.

Fonte: https://goo.gl/eYuJGm

Almoço delícia merece o que? sobremesa mais delícia ainda. Pertinho da Praça Espanha, encontramos a Bacio Gelato, uma sorveteria com tanta coisa gostosa e diferente que fica difícil escolher. A taça de frutas vermelhas que eu pedi estava bem gostosa, só não curti muito as frutas em cima, estavam todas congeladas, o que foi meio decepcionante.


Devidamente alimentadas, voltamos para o hotel pra finalmente fazer o check in e descansar um pouco antes de sair de novo, o que foi ótimo, porque nesse meio termo acabou chovendo.

A noite resolvemos descobrir o que o tal do Batel tem de bom. Como não ficava tão longe do nosso hotel fomos andando até a Av. do Batel e continuamos até a R. Bpo. Dom José. Ao longo dessas duas avenidas está concentrada boa parte dos bares e restaurantes mais badalados da cidade. Há opções pra todos os gostos, desde quem quer um simples happy hour até quem pretende se jogar na balada. O nosso escolhido foi uma indicação de um amigo, o pub Sheridan's.

Ai vem a dica de ouro! Quando chegamos o garçom disse que não tinha mais lugares no espaço onde a banda a tocava, que o melhor era ficarmos perto do bar, onde tinham mesas pra gente comer tranquilas. Ok né, aceitamos.

Pedi um hamburger e um chop da casa. O hamburger vem acompanhado de batata frita e tem preço fixo de R$ 19,00 e vai acrescentando valores conforme os ingredientes adicionado, justo, muito justo! Depois de comer, resolvemos deixar a conta paga e ver um pouco a banda, e ai fomos surpreendidos novamente.

Subimos uma escadinha que dava acesso ao banheiro e aos caixas e demos de cara com um andar novo, cheio de sofás e mesas, praticamente um camarote pra banda! O pub é enorme e nós não sabíamos, mas tudo bem, ainda deu pra curtir um pouco da banda, que por sinal era muito boa, indo desde os clássicos até musicas mais atuais.

DIA 2

Descansadas, resolvemos começar o dia pela Ópera de Arame e depois subir para o Parque Tanguá. Você deve estar ai pensando que fomos de ônibus, certo? Não meus caros, ônibus em Curitiba é incrivelmente caro, R$4,70! Como estávamos em três, não valia a pena fazer nada de transporte público, então se joguem no Uber e Cabify. Aliás, eu nunca tinha usado o Cabify, testei lá porque tinha conseguido um voucher com R$15 de desconto em três viagens, o que valeu demais a pena! Meus totais ficaram entre R$3 e R$6 reais.


Assim, na minha cabeça a Ópera era meio como o Jardim Botânico, um parque com a Ópera no meio, mas não é bem assim. O que se tem pra ver é somente a Ópera, e a parte triste é que não podemos entrar, só contornar, então é meio que um passeio rápido. A noite e em dias de espetáculo deve ser realmente lindo, mas em um dia normal, como foi o nosso caso, bateu uma leve decepção. Tem um café lá dentro bem legal, com uma vista bonita da antiga pedreira, mas bem caro.

Dali seguimos para o Parque Tanguá, mas não cometa o mesmo erro que a gente, o caminho mais fácil é fazer o inverso, primeiro ir no parque e depois descer para a Ópera.

O Parque Tanguá é um dos principais parques da cidade de Curitiba, com uma área de 235 mil m², lugar de um antigo complexo de pedreiras desativadas. Possui uma cascata, dois lagos e um túnel artificial que pode ser visitado de barco ou à pé.

Descansamos um pouquinhos, tomamos uma água de coco e seguimos para outro ponto turístico, o Museu do Olho (MON) ou Museu Oscar Niemeyer. A arquitetura realmente impressiona! Não entramos, mas de fora é possível ver algumas esculturas e também uma parte de vidro no chão, que dá vista para alguns projetos de Niemeyer.

Proxima parada, Ca'dore! Esse não estava em nenhum site sobre Curitiba, é uma novidade e uma super indicação da nossa motorista do Cabify. A Ca’Dore Comida Descomplicada tem 36 bares e restaurantes instalados em contêineres coloridos que servem comidas e bebidas variadas. Espaço é ao ar livre, mas tem áreas cobertas.


É tanta opção que fica difícil escolher um só, mas acabei indo num grego, o Kalamata. Que delicia! Também não achei caro, se não me engano paguei R$28,00 pelo prato.

Como o sol tinha resolvido sair no final do dia, resolvemos terminar no Jardim Botânico. Esse sim nos impressionou, e ainda rendeu ótimas fotos!

A noite, como estávamos bem cansadas e chegamos tarde no Hotel, resolvemos ficar ali por perto mesmo, na Praça Espanha.

DIA 3

Domingo e último dia. Como nosso voo era só no final da tarde, resolvemos seguir a indicação dos Curitibanos e fomos até a feira do Largo da Ordem. Localizada no centro histórico de Curitiba, inicia na Rua São Francisco e termina na rua Doutor Kellers. A feira acontece aos domingos das 9:00 às 14:00, oferece além de artesanato, uma grande diversidade gastronômica, como o famoso stroopwafel, encontrado na Holanda. Domingo a cidade também fica bem vazia e foi difícil achar algum lugar pra almoçar no centro, o que nos fez acabar novamente no Madero, mas em outra unidade rs.


Fonte: https://goo.gl/7PMpvm

Como ainda tinhamos tempo depois do almoço, seguimos para a Rua 24hrs atras de algum docinho. Já tinham nos alertado que o tal 24hrs não era mais 24hrs a anos, e é verdade. Chegamos lá em plenos domingo, 14:00 e nada aberto, é um belo pega turista.

No caminho de volta para o Hotel, encontramos o The Sub's, uma lanchonete com tema anos 80. Foi ali que achamos o nosso docinho, uma torta de maçã quentinha com muito caramelo pra aquecer a barriga antes de ir pro aeroporto.

Conclusão, a cidade é muito limpa e organizada, prepara-se pra ladeiras, caso esteja no clima de andar a pé. Não vale a pena andar de ônibus se você não estiver sozinho. E se for no feriado, não assuste com uma cidade tão vaia. No geral, foi um passeio diferente para um feriado e ainda conhecemos uma cidade nova =)

E pra quem quiser ver todos lugares que passamos e outros, segue o link com o nosso google My Maps https://goo.gl/8XD5ub


Quer contribuir com o Malão? Deixe um comentário pra gente ou mande um direct no nosso instagram =)

#Curitiba #HotelMonteCastello #TorrePanorâmicadeCuritiba #PraçaEspenha #MaderoSportsBar #BacioGelato #Batel #Sheridanamp39s #ÓperadeArame #ParqueTanguá #Cabify #MuseudoOlhoMON #MuseuOscarNiemeyer #CaDoreComidaDescomplicada #Kalamata #JardimBotânico #feiradoLargodaOrdem #Rua24hrs #TheSubamp39s

7 visualizações